segunda-feira, maio 08, 2006

Boavista, 1 - FC Porto, 1

:: Cromo Repetido :: Oportunidade aos Reservas

O FC Porto apresentou na jornada final da liga uma equipa de reservas para jogar no Bessa. Nenhum dos titulares da jornada anterior foi sequer convocado, pelo que Adriaanse deu minutos a diversos elementos menos utilizados nos últimos meses, aproveitando ainda para estrear o jovem Hélder Barbosa. A equipa alinhou num 4-3-3 em que um dos defesas tentava subir, não arriscando tácticas menos usuais.

Pela minha parte, foi uma oportunidade agradável para ver alguns desses jogadores; já o Nacional, que dependia deste jogo para tentar manter o seu lugar na Taça UEFA, provavelmente achou menos interessante a opção de Adriaanse. No entanto, viria a verificar-se que a equipa pouca competitividade perdeu, dado o empenho da generalidade dos jogadores em mostrarem valor neste final de época.

Entrou melhor o Boavista, com Baía a negar uma grande ocasião a João Pinto (em posição duvidosa no momento em que se isolou). O Porto acalmou o jogo, com Ibson e Anderson a subirem de rendimento, e num bom corte de Bruno Alves nasceu um belo golo de Lisandro López. O argentino correu pela esquerda, flectiu para o interior e atirou ao ângulo.

O Boavista teria nova situação de golo por Paulo Jorge no segundo tempo, com Baía novamente em evidência, até que já numa fase adiantada do jogo o mesmo Paulo Jorge viria a desviar um cruzamento para o golo do empate. Bruno Alves estava entre ele e a bola e reclamou empurrão pelas costas, mas o árbitro Pedro Henriques não atendeu.

O jogo terminaria empatado, e com o jovem Hélder Barbosa a ver escusadamente o segundo amarelo já em tempo de compensação. Houve ainda tempo para Sokota regressar à competição por alguns minutos depois da lesão ligamentar que o afastou desde o jogo de Glasgow. Globalmente, a equipa apresentada mostrou bons argumentos, com jogadores como Ibson, Lisandro López, Bruno Alves e Anderson em destaque. Falta agora a final da Taça de Portugal na próxima semana.

- 99 - Vítor Baía [7] - Nada podia fazer no golo que sofreu, tendo tido várias intervenções de qualidade.
- 22 - Sonkaya [6] - Não comprometeu, dentro das limitações que lhe são conhecidas.
- 35 - Marek Cech [6] - Regular no seu papel entre defesa e meio-campo.
- 13 - Bruno Alves [7] - 1 assistência - Pena o lance que perdeu no golo do Boavista, independentemente de poder ter existido falta, porque no restante teve uma boa exibição; é o tipo de jogador que pode comandar uma defesa.
- 3 - Ricardo Costa [7] - Alguns bons cortes e poucos erros a referir; nota-se maior consistência quando joga a central.
- 6 - Ibson [7] - * - Não chegou a deslumbrar, mas nota-se quase sempre a sua qualidade naquilo que faz a meio-campo.
- 30 - Anderson [7] - É fácil esquecer a sua idade, de onde vem provavelmente alguma irregularidade, mas a sua capacidade de aceleração, drible curto, e futebol objectivo impressionaram várias vezes no Bessa.
- 27 - Alan [6] - Como habitualmente, foi misturando lances interessantes com outros mal finalizados.
- 25 - Ivanildo [6] - Já esteve em melhor forma, e apesar da mistura promissora de juventude com capacidade física e técnica, não se conseguiu impor.
- 11 - Lisandro López [7] - 1 golo - Marcou um belo golo e saiu tocado ao intervalo.
- 39 - Hugo Almeida [6] - Razoável dentro de um jogo que não estava muito talhado para as suas características.

- 57 - Hélder Barbosa [6] - Fica lembrada a estreia pelo segundo amarelo escusado que viu, mas é um jogador interessante.
- 17 - Jorginho [-]
- 19 - Sokota [-]